Crônica “Você chegou” – 20.09.2013

Ilustração para crônica de Léo Saballa

Ilustração para crônica de Léo Saballa

“…Você entrou na minha vida sem pedir licença. Chegou assim, do nada, como a força do vento que infla e direciona a vela do barco.Tateou os compartimentos escuros de um coração solitário e, sem fazer perguntas, varreu a dor provocada por velhas e sofridas lembranças.Convicta, domesticou a intimidade arisca, arrancou grades, quebrou janelas e portas trancadas pela ferrugem da ingratidão.Aliviou dores e mágoas acumuladas nos dias e noites iguais, de um tempo que parou.Regou sentimentos divididos, desidratados em histórias mal vividas e pensamentos desérticos.Cicatrizou feridas adormecidas pelo tempo congelado.  Ao mesmo tempo, estancou lágrimas ácidas, secas e sorrateiras.Você chegou como aragem numa tarde de verão. Você chegou e botou sol no céu e lua na noite.Nada trouxe nas mãos. Nada falou ou perguntou. Também não perguntei e nem precisou.Você chegou e soube chegar. Como a força do vento que infla e direciona a vela do barco.”

mendes 2013 entre em contato
publicado no jornal Notícias do Dia 20.09.2013

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s