Crônica “Suspirou, e eu com ele.” – 06.04.2013

Ilustração para crônica de Jura Arruda

Ilustração para crônica de Jura Arruda

“Eu perguntei, por que você nunca faz o que eu quero? Sem mudar de compasso, ele respondeu, eu não consigo.Calei.Ele sempre dá a última palavra. Não importa quanto eu racionalize e tente convencê-lo, para ele a equação é simples: um olhar mais um sentimento sobre duas almas é igual a Quero. Não sei até onde irei com ele batendo assim tão teimoso e inconstante no meu peito. Tenho ancestrais cardiopatas! E tantos outros que morreram de amor. Sou, pois, predestinado a um infarto ou a dores no peito. Que me venham as dores…”

mendes 2013 entre em contato
publicado no jornal Notícias do Dia 06.04.2013

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s