Crônica “Todo Fritz tem um pouco de Darwin” – 09.02.2013

Ilustração para crônica de Jura Arruda

Ilustração para crônica de Jura Arruda

““Plantou a semente do saber. Pesquisando, viu um mundo mais bonito. Criou uma linda coleção, música regendo o infinito”, esse é um trecho do samba-enredo da Escola Unidos pela Diversidade que leva à avenida uma homenagem a Fritz Plaumann, imigrante alemão que residiu em Seara, cidade que pelo trabalho dele, ficou cnhecida como a capital das borboletas…Agora, se me dá licença, vou ensaiar para não fazer feio. “Bate forte bateria no balanço da emoção. Voa minha borboleta com as cores da paixão. Amor, eu sou Diversidade, sacudindo a cidade” Laialaiá…”

mendes 2013 entre em contato
publicado no jornal Notícias do Dia 09.02.2013

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s