Crônica “Antes que anoiteça” – 14.12.2012

Ilustração para crônica de Léo Saballa

“Nem mesmo o sol, com todo o seu esplendor doce e infernal, consegue conter a escuridão. Ela chega pesada, fria, cruel, arrasadora.  É simbolizada ilusoriamente pela noite, como se fosse uma etapa derradeira da vida. Não é o céu que escurece e sim a luz que se acovarda diante de tanta força neste espetáculo cósmico indecifrável. A ausência da claridade não deixa os meus olhos mais tristes nem vazios. Pelo contrário, há neles um brilho celestial no contraste com a sombra que avança lentamente….”

©mendes 2012 entre em contato
publicado no jornal Notícias do Dia  . 14.12.2012

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s