Crônica “História de uma paixão” – 27.11.2012

Ilustração para a crônica de Donald Malschitzky

“A Banda Treml fora convidada para tocar o Hino Nacional na cerimônia de inauguração da vela. Por razões que só o pensamento marcial conhece, na hora de começar, foi desconvidada, e uma banda militar executou o Hino. Sem abalos, os músicos são-bentenses posicionaram-se na rua, poucos passos para trás do portão de saída; terminada a cerimônia, soltaram sua música e começaram a se deslocar em direção à Sala das Jangadas, no Museu. Foi uma mistura de “A Banda” de Chico Buarque, com o flautista de Hamelin: o povo – e parecia uma multidão – alegre e quase saltitando, seguia os músicos….”

©mendes 2012 entre em contato
publicado no jornal Notícias do Dia  . 27.11.2012

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s