Crônica “QUOD ABUNDANS NON NOCET” – 29.10.2012

Ilustração para a crônica de Décio Fisher

“Esse brocardo jurídico em latim pode servir para dar subsídios para: definir, avaliar e julgar os atos e os comportamentos do indivíduo. A transliteração dessa expressão de que se trata é: “O que abunda não prejudica”.  Numa tradução livre ter-se-ia: “Informes completos e esclarecedores não causam dano”.Essa prática, muitas vezes, é esquecida pelos dirigentes privados e públicos. Deveriam ser usadas argumentações claras, sem sofismas, para justificar as decisões. Mas, pode ser constatado, com facilidade, o uso de um palavreado eivado de ambiguidades, sem definir com precisão os propósitos….”

©mendes 2012 entre em contato
publicado no jornal Notícias do Dia  . 29.10.2012

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s