Crônica “Vitrais e larápios” – 22.11.2012

Ilustração para a crônica de Roberto Szabunia

“O mais impressionante, naquele templo, são os vitrais coloridos. Um folder de apresentação da Catedral diz que os vitrais foram inspirados na visão da dinâmica evolutiva do teólogo Teilhard de Chardin. São 20 vitrais que mostram a evolução da humanidade, desde o caos, o início da criação, passando pelos reinos mineral, vegetal e animal. Depois vêm o homem, Jesus Cristo, os sacramentos (lembra deles? Batismo, Confissão, Eucaristia, Crisma, Matrimônio, Extrema-Unção e Ordem). Seguem-se os vitrais que retratam os dons do Espírito Santo pela humanidade, o globo terrestre, a evolução da imprensa, as fábricas, os laboratórios, a eletricidade, as telecomunicações e as mãos de Deus Filho oferecendo o universo a Deus Pai.Para ter uma visão melhor dos vitrais, é melhor visitar a Catedral durante o dia, de preferência com sol….”

©mendes 2012 entre em contato
publicado no jornal Notícias do Dia  . 22.11.2012

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s