Crônica “E fim.” – 20.10.2012

Ilustração para a crônica de Jura Arruda

“Estavam casados há 30 anos. O começo foi bom e tudo parecia caminhar para um desfeixo de novela, um final feliz, uma vida bem vivida. Mas já nos primeiros anos, o bar virou sala de estar. Ele lá, ela na cozinha. Não sabiam ao certo quando o relacionamento passou a perder felicidade e ganhar descuido, no nascimento do segundo filho, talvez, quando a crise financeira se instalou. Ou o cristal trincou na primeira noite em que ele chegou tarde, com cheiro de cachaça, língua e mãos soltas.Quem conviveu com ela diz que as atitudes dele é que mudaram e ela não teve culpa. Quem conviveu com ele diz que ela é que não soube segurar as pontas quando ele mais precisou.O fato é que no descuido de ambos, a família foi ficando em segundo plano. O terceiro filho nasceu bem depois que o respeito havia morrido. Poderia ser remédio o nascimento de um filho em um casamento em crise? Pouco provável. Meses depois a bandeira branca foi recolhida da sacada e as coisas retomaram o rumo do cada um por si….”

©mendes 2012 entre em contato
publicado no jornal Notícias do Dia  . 20.10.2012

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s