Crônica “de ciborgues a fadas desnudas” – 20.10.2012

Ilustração para a crônica de Anacreonte Fonjic

“É estranho. É preciso alguma quebra de vez em quando, sei lá, algo diferente, senão o sujeito fica que nem esses surtados que se vê aí pela rua, que saem de carro perseguindo os outros motoristas, ameaçando jogar seu carro contra os outros e outros vexames. Veja só, a arte do blefe, a coisa só funciona se a outra parte realmente acreditar. Ou alguma maluca que quando você vai perguntar se está bem começa a gritar e esbravejar e falar coisas que você nem sequer consegue ouvir, só o que resta é mandar um beijo e ir embora rindo dela….”

©mendes 2012 entre em contato
publicado no jornal Notícias do Dia  . 20.10.2012

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s