Crônica “Pequenas batalhas” – 14.11.2012

Ilustração para a crônica de Hilton Görresen

“Numa noite, em uma dessas festas com lindas garotas e camisetas customizadas, o odontólogo Rufião de Almeida foi destratado pelo empresário Félix Lambarini. Na hora, ficou sem saber o que dizer. O odontólogo era daqueles de reação retardada. Na cama ficou matutando: que panaca eu fui. Devia ter-lhe respondido à altura. Mas não vai ficar assim, esse sujeitinho vai ter de pedir desculpas.Acordou ainda indignado. Na clínica, sua indignação foi interrompida pela secretária, que anunciou a primeira paciente. A vontade era pedir satisfações ao desafeto. Mas, diabos, a agenda estava lotada. Chamou a secretária:– Ligue para este número. Peça para falar com o senhor Félix e diga, de minha parte, que ele é um grande capadócio.– Mas ele não vai ficar furioso?– É pra ficar! Diga que fui eu quem falou e garanto na frente dele…”

©mendes 2012 entre em contato
publicado no jornal Notícias do Dia 14.11.2012

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s