Crônica “O preço da liberdade é a eterna vigilância” – 03.09.2012

 

Ilustração para a crônica de Décio Fisher

 

“Esta crônica completa a trilogia a respeito do assunto. Os dois comentários anteriores continham análises da evolução da sigla no âmbito nacional. Agora serão trazidos enfoques que abrangem o estado e municípios catarinenses, como também, a cidade de Joinville.O udenismo resultou do aglutinamento de antigos aliados de Getúlio marginalizados a partir de 1930, de grupos liberais com identificação regional, das esquerdas no sentido amplo e dos empresários industriais emergentes. Em nossa unidade federativa, o novel movimento serviu para combater a antiga política ditatorial e continuísta.Esse processo oligárquico se iniciara em 1935, ainda sob o regime de exceção, não se extinguindo em 1945 com a volta à democracia. O interventor plantonista fez valer seu poderio e influência para assumir a direção do PSD (Partido Social Democrático)….”

mendes 2012 entre em contato
publicado no jornal Notícias do Dia 03.09.2012

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s