Crônica “Vereança” – 28.08.2012

Ilustração para a crônica de Paulo Clóvis

“Tentando imitar Fernando Sabino, saí em busca de candidatos a vereador que esperam ser eleitos com base nos apoios que consideram infalíveis em diferentes pontos da cidade. Disse-me um conhecido com quem cruzei no calçadão da rua Felipe Schmidt:– Preciso fazer uns cinco mil votos para chegar à Câmara. Só a família da minha mulher, que ainda mora em peso no Ribeirão da Ilha, garante 500 sufrágios. E olha que há amigos, compadres, comadres, afilhados, sobrinhos, tios e ex-vizinhos que ajudei em tempos de dureza. Foram tijolos e telhas em época de vendavais, ou então quando era preciso fazer a festa da cumeeira. Dali talvez eu saia com mais 500 votos, o que já abre a chance de arrancar para a vitória, em outubro.Argumentei que isso era apenas uma pequena parcela do que seria preciso para garantir uma cadeira na Câmara de Vereadores….”

©mendes 2012 entre em contato
publicado no jornal Notícias do Dia 28.08.2012

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s